Motorista diz que filho de 6 anos deixou escola sozinho e foi achado na Anhanguera em Ribeirão Preto

Pai denunciou caso à Polícia Civil e disse que mulher achou menino na marginal da rodovia.

Secretaria de Educação informou que realizará investigação interna sobre o caso.

Um motorista de 34 anos procurou a Polícia Civil na noite desta quarta-feira (12) para denunciar que o filho, de 6 anos, conseguiu sair sozinho da escola municipal e seguiu caminhando pela marginal da Rodovia Anhanguera (SP-330) até ser encontrado e acolhido por uma mulher. A Secretaria Municipal de Educação informou que será instaurado um processo administrativo para apurar o caso. Em depoimento, o homem contou que houve um tumulto na saída da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor Jaime Monteiro de Barros, por volta de 11h30 de quarta-feira.

Em meio à confusão, o motorista disse que não encontrou o filho e ficou desesperado. Ainda segundo relato do pai, registrado no boletim de ocorrência, o menino foi abordado por uma mulher, por volta de 12h30, próximo a um posto de combustível.

Ela estranhou o fato de uma criança estar caminhando sozinho pela marginal da rodovia. Consta ainda no boletim de ocorrência que a mulher colocou o menino no carro e, a partir dos nomes e telefones dos pais que estavam nos cadernos, entrou em contato com a família.

A criança foi resgatada sem ferimento.

O caso será investigado como abandono de incapaz. O motorista destacou que a família reside em um condomínio no Complexo Ribeirão Verde, mas só conseguiu vaga para o menino em uma escola a quase dois quilômetros de distância.

O caso ocorreu no terceiro dia de aula da criança neste colégio. O boletim de ocorrência deve ser encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) ainda nesta quinta-feira (13) para investigação do caso. Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca
Categoria:SP - Ribeirão Preto e Franca