Polo de inovação tecnológica em Ribeirão Preto elabora plano para testes em massa da Covid-19

Com capacidade para 150 exames por dia, startups querem ajudar a desafogar demanda na rede credenciada.

Programa ainda depende de recursos, mas tem previsão de começar em 2 semanas.

Supera Parque concentra empresas de inovação em Ribeirão Preto, SP Rodrigo Ramos / Roverpix Empresas de um polo de inovação em Ribeirão Preto (SP) se articulam para iniciar, em duas semanas, testes em massa do novo coronavírus para a rede pública de saúde. Com capacidade para realizar até 150 exames por dia e emitir resultados em até 72 horas, startups que integram o Supera Parque têm buscado recursos para implementar o programa e ajudar a desafogar a demanda na rede credenciada, além de aumentar a agilidade no diagnóstico da doença. Hoje, os casos notificados em Ribeirão Preto são encaminhados ao Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, e demoram até três semanas para terem a confirmação ou descarte da doença.

Para o gerente do Supera Parque, Eduardo Cicconi, a rapidez dos exames é uma das estratégias para o enfrentamento da pandemia. Em estado de calamidade pública, a cidade tem casos confirmados da doença. "Quanto mais pessoas testamos, sabemos quem deve ser isolado efetivamente e de forma rápida.

A maioria dos casos são assintomáticos, então identificar estes casos é crucial para frear o espalhamento", afirma. As startups tentam levantar recursos financeiros e técnicos, como máquinas e reagentes, que chegam a R$ 2 milhões, para realizar os testes em massa e iniciá-los em duas semanas.

Segundo os responsáveis, o dinheiro obtido será repassado à Fundação Instituto Pólo Avançado da Saúde de Ribeirão Preto, entidade responsável pela gestão do Supera Parque, e estará sujeito à transparência pública.

O biólogo Marcos Santos, fundador da Onkos, em Ribeirão Preto Rodolfo Tiengo/G1 Ao menos 18 empresas de inovação e 30 profissionais de diferentes áreas já aderiram à iniciativa sem fins lucrativos. "As empresas desenvolvem soluções para controle biológico, soluções para tratamentos de saúde, de descoberta de alvos terapêuticos, de serviços de mapeamento genético, de kits de diagnóstico, de análise de dados e até de tecnologia da informação", afirma Cicconi. Testes rápidos em massa O objetivo inicial é receber as amostras já coletadas e encaminhadas pelas autoridades de saúde para que o Supera, com expertise dos profissionais e laboratórios adaptados em conformidade com o Sistema Único de Saúde, faça as análises e emita os resultados em até três dias.

"Normalmente, uma análise como essa poderia ser feita em cinco horas.

No entanto, com a alta demanda por testes, essas análises entram em filas de processamento e os resultados são disponibilizados em uma semana ou duas, no melhor dos casos.

Em nosso laboratório, temos a meta de que os resultados sejam liberados em até 72 horas", diz. Em outro momento, ainda sem data e local definidos, a ideia é também oferecer um "drive-thru" para a coleta das amostras.

"A coleta do material biológico é simples, pode ser feita ao esfregar um material chamado swab [uma haste flexível com algodão] na boca", explica o gerente do Supera.

O grupo também cogita receber, em outra fase, amostras encaminhadas por laboratórios particulares e hospitais da região, afirma o biólogo Marcos Santos, CEO da Onkos, empresa que atua com diagnósticos de câncer. Segundo ele, todo o projeto foi estruturado desde sábado (21) e conta com várias frentes de trabalho para garantir a segurança dos participantes. "É uma operação de guerra literalmente: pensar no descarte, pensar nos EPIs, pensar na segurança dos colaboradores, no paciente, na coleta, na amostra, na auditoria desses recursos, enfim.

Em quatro dias gente já estruturou muita coisa.

Tem sido um movimento muito bem coordenado pelo pessoal do Supera e por todos os empreendedores.

Muita gente se candidatando como voluntários, mas precisamos de mais pessoas para toda essa operação e precisamos de recursos", diz. Veja mais notícias da região no G1 Ribeirão Preto e Franca Initial plugin text
Categoria:SP - Ribeirão Preto e Franca